Oficina de Percussão na Casa da Música

Com a intenção de divulgar a música percussiva e dar a conhecer os ritmos difundidos no
Brasil, o percussionista e compositor do Grupo KIZAMBE – Sami Tarik, elaborou uma oficina que visa apresentar noções rítmicas brasileiras em um conceito moderno.

A Casa da Música da Uni-CV, gerida pelo Núcleo de Música da Universidade, convidou o artista a vir a Cabo Verde para ministrar essa oficina que se enquadra no programa de actividades que pretendem realizar, “actividades de sensibilização e aproximação à música e do seu estudo do dia-a-dia das pessoas e da dinâmica da cidade”.

Com aproximadamente uma hora e meia de duração, a oficina propõe a execução de ritmos brasileiros aliados a conceitos electrónicos. O objectivo é a interacção com o público e amantes da música percussiva, impulsionando os participantes a expressar sensações, sentimentos e pensamentos por meio de improvisações, composições e interpretações musicais.

A oficina preza o trabalho em equipa, utilizando como instrumento a música, que desenvolve além da sensibilidade, qualidades como concentração, coordenação motora, destreza do raciocínio, sociabilização, disciplina pessoal, equilíbrio emocional e inúmeros outros atributos que colaboram para a boa formação do indivíduo.

Sami Tarik Martins, natural de Recife(Brasil), é um jovem percussionista que começou o seu estudo musical através de oficinas ministradas no Laboratório de Música do CEFET/RN. Cursou ainda bateria na Escola de Música Santa Cecília na cidade de Natal. O músico mostra quem os seus ritmos e seu universo temático são amplos, mas a sua base estética está fincada na “nordestinidade”.

Realizou ou ainda realiza trabalhos com a Orquestra Sinfónica do Rio Grande do Norte, a Camerata de Flauta do CEFET, o grupo Café do Vento e vários cantores e compositores.

Saiba mais sobre o trabalho de Sami Tarik em www.myspace.com/samitarik

Data: 9 de fevereiro

Local: Casa da Música da Uni-CV, no Plateau (ex-Direcção da Promoção Cultural/Centro de Documentação, na Pracinha António Lereno)

Horário: 19h00

Publico-Alvo: População em geral, pessoas que nunca tocaram percussão, leigas em música.

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Oficinas. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s